Magno Malta canta música de Kleiton e Kledir para Dilma

Ligado .

Com um discurso recheado por referências religiosas, o senador ainda disse que "as lambanças feitas no escuro precisavam vir à luz, e foi a eleição dela que permitiu

O senador Magno Malta (PR-ES), fã de discursos exagerados, chegou a cantar uma música da dupla gaúcha Kleiton e Kledir para "se despedir" de Dilma Rousseff. Antes, ele afirmou que o "velório" do PT é o mais triste que ele já viu.

Magno Malta é o 25º senador explanar o voto pelo impeachment de Dilma nesta terça-feira

Ligado .

Senador Magno Malta, com notória disposição, em plenário, por volta das 18h45m, vai mais uma vez, explicar as razões do seu compromisso com o clamor popular que reivindica a estabilidade política e econômica do Brasil. “O povo já sabe o meu voto, mas serei claro e contundente com a falta de argumentação da presidente afastada, que ontem, deixou o Brasil sem respostas”, esclareceu Magno Malta.

 “O povo está sagrando em praça pública e o governo afastado não aceita a responsabilidade pelo fato. Assim, vivemos uma crise moral, emocional, política e jurídica. Vamos fechar o caixão, pois o defunto está com mal cheiro”, falou.

Magno Malta garante que hoje fecha o caixão com 62 votos a favor do impeachment de Dilma

Ligado .

"Hoje a gente fecha o caixão. Serão 62 pregos, 62 pregos!", disse o senador oposicionista (PR-ES) Magno Malta, para o público que lotava a galeria e gritava o seu nome. “Contamos com o senhor, senador, continue sua luta, o Brasil quer mudanças”, clamava os representantes dos movimentos de rua.

No último dia do julgamento do afastamento definitivo de Dilma Rousseff da presidência de República, Magno Malta chega ao plenário do Senado Federal confiante de que o Brasil vai começar um novo ciclo. Nesta madrugada, ao concluir a defesa de Dilma, o senador republicano brincou com o povo que estava na galeria. “Vamos fechar o caixão com 62 pregos”, uma analogia aos 62 votos e o fim da era PT.

Para Magno Malta, “Dilma Rousseff imitou o hilariante Rolando Lero”

Ligado .

Durante julgamento do impeachment de Dilma Rousseff (PT), nesta segunda-feira (29), o senador capixaba Magno Malta (PR) perguntou à presidente afastada se ela mentiu durante a campanha eleitoral de 2014, quando garantiu que a economia do país iria continuar equilibrada caso fosse eleita. “O Brasil ficou sem entender nada. Ela repete as mesmas respostas hilariantes citando déficit hídrico, crise cambial, estiagem e outras falas sem nexo”, afirmou Malta.

Senador Magno Malta, após inquerir a presidente afastada, chegou à conclusão que pelas respostas lembrou o Rolando Lero, um dos personagens da Escolinha do Professor Raimundo. “Dilma está repetitiva e evasiva deixando a população brasileira sem respostas concretas e coerentes. Ela foge das perguntas com argumentos flácidos. Ela não convenceu”, disse Malta.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: [email protected]

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS